Povo Huni Kui contra a Covid-19

O povo Huni Kui mobiliza esforços para que a Covid-19 não alcançe nossas aldeias! 

Pedimos a colaboração de toda a irmandade para a campanha de arrecadação de alimentos e produtos de higiene para enviar aos parentes em situação de maior vulnerabilidade. 

Visamos garantir a segurança alimentar e sanitária de anciãos e anciãs, outros grupos de risco, bem como das demais famílias que não podem sair do território, e que precisam de mantimentos como óleo, arroz, sal e outros itens para complementar sua alimentação, e também de produtos de higiene.




https://www.kickante.com.br/campanhas/huni-kui-contra-covid-19?fbclid=IwAR3tJlQnNZyp2XfXSH1GHRg_aG0uUffVo6bXd7wfp80A0Q2rEhgSUFPI518


Os parentes estão isolados em suas aldeias para se protegerem, e o aumento dos casos da COVID-19 no Acre (que avança para o interior do estado), preocupa o povo Huni Kui, e faz emergir memórias de um passado tenebroso de doenças e extermínio de muitos povos por epidemias.

Lembremos dos 5 milhões de ancestrais que viviam em 1500 no território que denominaram Brasil, reduzidos a 4 milhões no século seguinte com as pestes europeias; que de 1600 a 1700, com a disseminação de epidemias, escravização e guerra, foram de 4 para 2 milhões; e que de 1700 a 1800, com o avanço do genocídio e do etnocídio indígena, caiu de 2 para 1 milhão. 

Hoje somos 896 mil indígenas no Brasil, e seguimos resistindo com a força de Yushibu, protegendo as nossas florestas, nutrindo as nossas tradições, guardando e compartilhando conhecimentos ancestrais e defendendo valores para a manutenção da vida.  

Contamos com seu apoio! 

Haux haux! 

Federação do Povo Huni Kui do Estado do Acre

Quem somos nós?


Nos autodenominamos Huni Kui, que significa "gente verdadeira". Vivemos no norte do Brasil (Acre e parte no Peru), e possuímos uma população de aproximadamente 15 mil pessoas, que ocupam 12 Terras Indígenas, com aproximadamente 104 aldeias.

Em 2006 as lideranças indígenas das 12 Terras Huni Kui se reuniram em Assembleia geral para criar a Federação do Povo Huni Kui do Estado do Acre - FEPHAC (Nukun Huni Kuinen Beya Xarabu Tsumashun Ewawa).




A FEPHAC é uma organização sem fins lucrativos que representa legal e juridicamente o povo Huni Kui em assuntos de interesse coletivo, e vem atuando desde a sua fundação em ações que visam assegurar e promover a autonomia, com forte atuação na defesa do patrimônio cultural e na busca do fortalecimento cultural, empoderamento e protagonismo. 

Diante da politica anti-indígena que observamos nos últimos anos, que vem acompanhada junto ao subfinanciamento e desmonte dos órgãos indigenistas, a atuação do Estado para proteção dos povos indígenas, quando existente, é insuficiente e caminha a passos lentos.

Assim, a FEPHAC decidiu ativar sua rede de apoio e solidariedade para atuar ativamente na proteção de seu povo, buscando doações para manter os parentes nas aldeias, de maneira que possam seguir a quarentena e o isolamento em condições dignas. 

A FEPHAC está identificando as aldeias e famílias que precisam de mais assistência, e organizando uma logística de distribuição para que os produtos cheguem com segurança e sem contaminação a quem precisa. Todo o delineamento da ação se encontra em observância aos protocolos e planos de contingência preconizados pelas autoridades sanitárias, no que tange ao afastamento social, proteção individual, higiene pessoal e coletiva. 

Precisamos do seu apoio para arrecadar fundos e distribuir alimentos, materiais de higiene e informação atualizada às famílias que não podem correr o risco de sair de suas aldeias!


Contato

E-mail: fephac16@gmail.com

Telefone: (68) 99914-7161- (68) 99967-6939

Seguem videos que apresentam um pouco do povo e da cultura Huni Kui.

https://www.youtube.com/watch?v=AryjXHMlE5E&t=10s / https://www.youtube.com/watch?v=QsnSohQ9_3o

Fotografia: Aldeia Lago Lindo - I Festival Huni Kuin 2011, por @CamillaCoutinhoSilva.


https://www.kickante.com.br/campanhas/huni-kui-contra-covid-19?fbclid=IwAR3tJlQnNZyp2XfXSH1GHRg_aG0uUffVo6bXd7wfp80A0Q2rEhgSUFPI518

0 visualização